Transações da Semana – PME’s e Empresas de Tecnologia

As principais transações de Fusões & Aquisições (M&A) nos segmentos de PME’s e empresas de tecnologia da última semana.
PME’s

Fleury vende Cruzeiro do Sul Medicina Diagnóstic. Fleury S.A. comunica o mercado…

As principais transações de Fusões & Aquisições (M&A) nos segmentos de PME’s e empresas de tecnologia da última semana.

PME’s

Fleury vende Cruzeiro do Sul Medicina Diagnóstic. Fleury S.A. comunica o mercado em geral que celebrou, na qualidade de vendedora, com a Rise do Brasil Participações Ltda. contrato de compra e venda da totalidade das quotas da empresa Cruzeiro do Sul Medicina Diagnóstica Ltda., detentora do conjunto de ativos localizados no RJ, que a Companhia se comprometeu a alienar. O contrato estabelece a venda de 100% (cem por cento) das quotas representativas do capital social da Cruzeiro do Sul Medicina Diagnóstica Ltda. pelo valor de R$ 16 milhões.

Alupar vende cinco projetos eólicos para subsidiária da Eletrobras. O valor da transação foi de R$ 51,4 milhões, segundo fato relevante publicado nesta segunda-feira. Com a conclusão da operação aqui descrita e, ainda, a aquisição pela Companhia das ações da Energia dos Ventos I S.A.; Energia dos Ventos II S.A.; Energia dos Ventos III S.A.; Energia dos Ventos IV S.A. e Energia dos Ventos X S.A – Complexo Aracati, anteriormente detidas por Furnas Centrais Elétricas S.A. e finalizada em 02 de março de 2015.

Systemair adquire parte da Traydus no Brasil. Systemair AB assinou um acordo para adquirir 75% das ações da empresa brasileira Traydus, fabricante brasileiro de equipamentos e componentes para ar condicionado e climatização, com 75 funcionários. A empresa está localizada perto de São Paulo. “Nós inicialmente iremos adquirir 75%, com efeito imediato, e ter uma opção para adquirir os restantes 25% dentro de um período de seis anos.”

GhelPlus compra divisão de pias da Duranox, do Grupo Marel. A GhelPlus, que é a maior fabricante de pias do Brasil, acaba de fechar mais um importante negócio: a aquisição da marca de pias Duranox. A marca que também é sinônimo de qualidade na fabricação de pias e cubas, foi criada pelo Grupo Marel, que tem 48 anos de tradição no segmento e foi fundado pelas famílias Behne e Scheuer, quando saíram de Guaporé, RS, para Francisco Beltrão, PR, em fevereiro de 1.960. No acordo ficou acertado a aquisição da marca, dos equipamentos e as linhas de produtos, ficando de fora a estrutura física.

Policom RS vende e volta a ser Cabosul. O Grupo Policom vendeu a sua unidade em Porto Alegre. Com isso, a empresa volta a se chamar Cabosul, nome que tinha antes de ser adquirida pela Policom em 2008. A distribuidora de equipamentos de rede foi comprada pelo empresário Eli Lourenzi, que atuava como diretor geral da companhia no estado e foi fundador da Cabosul nos anos 90. Segundo Lourenzi, a venda fez parte de uma reestruturação de negócios do grupo nacional, que enxugou sua operações no país. O valor da transação não foi divulgado. Na região Sul, a Policom só possui agora uma unidade em Curitiba. Completando o negócio, a companhia tem duas unidades em São Paulo e uma no Rio de Janeiro. Em 2014, a companhia teve um faturamento de 135 milhões. Agora como uma companhia independente, a Cabosul espera crescer em cima do faturamento que tinha com a marca antiga – em 2014 foram R$ 10 milhões, o equivalente a 7,5% do bolo total da Policom.

Empresas de Tecnologia

Porto Seguro e UOL anunciam fusão dos aplicativos Taxijá e Vá de Táxi. Atualmente, o mercado de aplicativos de táxi no Brasil é dominado pela EasyTaxi e 99Taxis. Os aplicativos menores continuam buscando parcerias e outras alternativas para se manter nesse mercado competitivo e pouco rentável. Dois deles anunciaram uma fusão na data de hoje, o Vá de Táxi da Porto Seguro e o Taxijá do UOL. Os aplicativos já foram atualizados com a nova identidade visual. A marca que prevaleceu é o Vá de Táxi que agora passa a contar com uma rede de 27 mil taxistas e 535 mil usuários.

Linx anuncia aquisição da Neemu e da Chaordic Systems. A empresa de soluções em software de gestão para varejistas Linx anunciou nesta quinta-feira a compra da Neeemu e da Chaordic Systems, ambas de tecnologia para e-commerce. A Neemu, de Manaus (AM), foi comprada por 55,5 milhões de reais, sendo 34,1 milhões de reais pagos à vista e os 21,36 milhões restantes entre 2016 a 2018, “sujeito ao atingimento de determinadas metas financeiras e operacionais”, diz o documento. Já a Chaordic Systems, de Florianópolis (SC), foi comprada por 55,98 milhões de reais, sendo 44,5 milhões à vista e outro 11,48 milhões entre 2016 e 2018, também nas mesmas condições estabelecidas na compra da Neemu.

Innovative incorpora consultoria especializada na área fiscal e adquire desenvolvedora de soluções digitais. Em duas operações praticamente simultâneas, a consultoria de tecnologia da informação a Innovative anunciou a incorporação da Max Partner, consultoria especializada em soluções fiscais, e a aquisição da Portal Cloud Solutions, desenvolvedora de soluções digitais. Para a integração das duas empresas, a Innovative investiu 10% de seu faturamento de R$ 70 milhões. A incorporação da Max Partner foi feita por meio da troca de participação societária, em que seu head de operações Marcos Gimenez passa a ser sócio da Innovative e, após um período de transição, assumirá a unidade de negócios Tax.

Viasoft compra Prodix. A Viasoft, empresa de software para agronegócio de Pato Branco, no Paraná, incorporou a Prodix, companhia do mesmo segmento de Rondonópolis, no Mato Grosso, formando a Agrotitan. Não foram divulgados valores do negócio. As duas empresas tem perfis de atuação complementares. A Viasoft atende cerca de 500 clientes, entre eles 100 cooperativas e 400 revendas de insumos, cerealistas, agroindústrias e sementeiras. A empresa tem 200 funcionários.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *